Pular para o conteúdo principal

No interior da PB, família melhora qualidade de vida produzindo hortaliças agroecológicas

Uma família residente no Sítio Açude Novo, no município de Malta, no Sertão, mudou a vida com o cultivo de hortaliça agroecológica em um hectare de terra destinado à comercialização junto ao Programa Nacional de Alimentar Escolar (PNAE), em feiras livres, restaurantes e mercadinhos.
Seguindo a orientação técnica da Emater, empresa integrante da Gestão Unificada, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, o agricultor familiar José dos Santos há dois anos descobriu que essa atividade era uma oportunidade para melhorar a renda familiar.
Há dois anos o agricultor cultiva hortaliça agroecológica (alface, cebolinha, agrião, pimentão e couve-flor), que vem tendo boa aceitação.
Também trabalha com fruteiras e a criação de galinhas de capoeira e no mesmo espaço cria vacas para a produção de leite, que transforma em queijo artesanal.
Quando percebeu que o projeto poderia crescer, o filho do agricultor, Alexandre de Oliveira Santos, que trabalhava numa cerâmica, decidiu se dedicar no trabalho com o pai, ampliando a produção de hortaliças para atender os mercados das cidades de Malta, São José de Espinharas e Vista Serrana.
A equipe técnica da Emater em Malta é composta de Pedro Ferreira Leite, chefe do escritório local, e da assistente social Maria do Carmo Medeiros Santos. O coordenador regional em Patos é Francisco Acácio.
Irrigação – Usando o sistema de irrigação por micro aspersão, utilizando água de um poço artesiano e seguindo orientações técnicas, o agricultor José dos Santos vem obtendo sucesso com sua atividade, mesmo sendo numa pequena área de terra.
“Percebemos que a família de agricultores é bem receptiva às orientações técnicas, com o sistema rotativo, por isso vem obtendo sucesso resultados”, comentou a assistente social Maria do Carmo.

PB online/Secom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

Assunção lamenta morte do jovem Alan de 'Têca de Joquinha'

Faleceu na manhã desta segunda-feira(28) o trabalhador assunçãoense, Alan Possidônio da Silva, 37 anos, após sofrer um choque elétrico, o fato ocorreu no sítio Bonfim, zona rural de Salgadinho. Alan de Têca como era conhecido, possui uma propriedade rural naquela localidade. A vítima era filho do Sr. Joquinha (In memoriam), um dos maiores comerciantes da região. Alan era casado e deixa, além da viúva, um casal de filhos. O sepultamento está previsto para às 16h desta terça-feira(01) no Cemitério Jardim da Saudade, em Assunção. O Blog do Guedes presta solidariedade a toda à família, e que ele descanse em paz. Blog do Guedes Imagens: PC

ATENÇÃO PB: Polícia Federal faz operação para combater fraudes na pandemia no interior do estado

Agentes da Polícia Federal cumprem hoje (2) cinco mandados de busca e apreensão numa ação denominada ‘Operação Princesa do Sertão’, que tem o objetivo de investigar possíveis irregularidades na compra de materiais para o enfrentamento à pandemia. O alvo são compras feitas pela prefeitura da cidade de Princesa Isabel, no Sertão do Estado. O município adquiriu 5 mil testes rápidos e 40 mil máscaras descartáveis, segundo a PF. Há suspeitas de sobrepreço nas compras dos produtos. Blog do Guedes Com PB Hoje