“O torneiro mecânico irá consertar o País que os doutores destruíram”, diz Lula

O Movimento Juntos pelo Brasil foi saudado por mais de 20 mil pessoas no início da noite desta terça-feira(2), em Campina Grande.

Em clima de festa democrática, o ex-presidente Lula falou dos desafios para a reconstrução do país, ao lado da comitiva e de Veneziano Vital do Rego, aliado e pré-candidato ao Governo da Paraíba e Ricardo Coutinho, pré-candidato do PT ao Senado pelo Estado.

Logo no início do evento, Lula recebeu um manifesto assinado por colônias de pescadores da Paraíba, com reivindicações do setor.

“Quero dedicar quatro anos da minha vida, vamos provar mais uma vez que um torneiro mecânico é capaz de consertar o país que os doutores destruíram”, afirma Lula.

“Por isso fui me juntar ao companheiro Alckmin, que tem 16 anos de experiência no governo do estado mais rico desse país para, junto com o presidente que mais fez inclusão social, para fazer uma revolução”, ressalta.

“Para mostrar que é mais barato pré escola do que cadeia, distribuir livros, ao invés de armas, educar as crianças no tempo certo”.

Lula reiterou que seus governos e os de Dilma Rousseff fizeram muito pela população mais vulnerável.

“Não tinha coisa mais bonita do que chegar no aeroporto e ver um monte de gente viajando. O nosso povo pobre, trabalhador, viajando de avião e incomodando os ricos”, brinca Lula.

Desafios

Lula reconhece que o cenário está mais desfavorável do que quando chegou à Presidência em 2003, com desemprego, inflação e queda na renda, mas é preciso ter esperança, mesmo em um cenário de adversidade, como o atual.

Transposição e combate à fome

Lula elencou ações que transformaram a vida dos brasileiros nas cidades e no campo de todo o país, como as cisternas, o programa Luz para Todos, as universidades, campus e escolas técnicas, programas de fortalecimento da agricultura familiar, até a transposição do Rio São Francisco.

“Sabem por que eu fiz isso? Porque eu sei o que é sair num jumento, com sete anos, com um caçuá, para ir pegar água num açude e ficar separando as fezes para levar para casa”, explica.

“Era preciso fazer a transposição. E agora, eles que nunca mexeram um palito, resolveram dizer que fizeram. Essa gente tem tanta desfaçatez, que mentem sobre coisas que o povo sabe que é mentira”.

Blog do Guedes

Com Heleno Lima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá