Com salário de R$ 3.500 advogado da Câmara de Livramento recebe Auxilio Emergencial



A desorganização e a falta de critério para análise e concessão do Auxílio Emergencial tem causado revolta na população.
Em muitos casos de pessoas necessitadas, o pedido é negado.
Mas para alguns, é fácil de conseguir.
São várias as notícias de parentes de políticos que são beneficiários do auxílio, mesmo a renda famíliar sendo alta, fora dos padrões do programa.
É o caso de Thyago Bruno Leite Maranhão, advogado da Câmara Municipal de Livramento, que recebe mensalmente R$ 3.500 desde o começo do ano 2019, segundo dados do Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE).
De família tradicional na cidade, Thyago é sobrinho do vice-prefeito e pré-candidato a prefeito, Adriano Leite e também sobrinho do pré-candidato a prefeito do município de São João do Tigre, o ex-secretário de finanças, Márcio Leite.
Mesmo tendo recebido da Câmara R$ 42 mil no ano de 2019 e esse ano já ter recebido R$ 21 mil do poder público, Thyago conseguiu ser beneficiário do Auxílio Emergencial, programa destinado a quem não tem emprego, ou que esteja passando por algum sufoco devido a pandemia do novo Coronavírus.
Já recebeu do Governo Federal, a primeira parcela de R$ 600, recurso que deveria ser para socorrer pessoas carentes.
Resta saber se o ilustre tribuno, pego com as calças nas mãos, vai devolver o auxílio, ou renunciar seu cargo na Câmara Municipal.




Heleno Lima
Com salário de R$ 3.500 advogado da Câmara de Livramento recebe Auxilio Emergencial Com salário de R$ 3.500 advogado da Câmara de Livramento recebe Auxilio Emergencial Reviewed by ´Blog do Erivaldo Guedes on 06:21 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.