Pular para o conteúdo principal

Jovem é preso suspeito de matar namorada e queimar corpo, no Cariri da PB


Um jovem de 21 anos de idade foi preso na manhã desta quarta-feira (3) suspeito de matar e queimar o corpo da namorada. A vítima, uma adolescente de 17 anos que morava em Soledade, desapareceu no mês de junho de 2018. Uma ossada foi encontrada em outra cidade, quase dois meses depois do desaparecimento, e a polícia suspeita que seja da adolescente desaparecida.
O pintor de 21 anos foi preso por força de um mandado de prisão temporária. Segundo a Polícia Civil, o caso está sendo investigado há 9 meses. A suspeita de que ele é o autor do crime surgiu depois de depoimentos prestados na delegacia. No dia em que a menina desapareceu, ela foi vista pela última vez com o namorado em uma moto.
De acordo com o delegado Durval Barros, a principal linha de investigação é para o crime de feminicídio. “Esse casal morava junto e tivemos a informação de que ela não queria mais viver com ele e disse que iria embora para a cidade de Soledade, onde iria encontrar com um ex-namorado. Uma testemunha disse que viu a jovem pela última vez com o suspeito na moto”, explicou ele.
Uma ossada foi encontrada no dia 29 de julho, no município de Boa Vista, também no Cariri paraibano. O corpo havia sido carbonizado. Segundo a Polícia Civil foi coletado material genético da mãe da adolescente para fazer uma perícia e confirmar se ossada é dela, mas ainda não há resultado do exame de DNA.
O delegado Durval Barros explicou que antes de encontrar a ossada, a Polícia Civil já havia pedido a prisão preventiva do suspeito, tendo em vista os depoimentos. “Quando fizemos o pedido, a justiça negou pois não havia uma prova material. No caso o encontro da ossada permitiu esse novo pedido, que foi aceito”, disse o delegado.
No pedido de prisão, a Polícia Civil também destacou outros elementos, como o local onde o corpo foi deixado. “Saindo de Soledade, o trajeto até o local onde o corpo estava seria de 25 km de Soledade até a Praça do Meio do Mundo e mais 5 km com destino a Boa Vista. Acreditamos que ele matou ela em Soledade e levou o corpo para Boa Vista”, disse o delegado.
Outro indício apontado pela investigação foi em relação ao depoimento do suspeito. Segundo o delegado, ao ser questionado sobre ter sido visto com a jovem na moto no dia que ela desapareceu, ele não soube explicar onde teria ido com ela ou o que ela teria feito após descer da moto.
Perfil “Fake”
Ainda de acordo com a Polícia Civil, depois do desaparecimento da adolescente, um primo dela recebeu mensagens em uma rede social de um perfil que tinha a foto da adolescente desaparecida, dizendo que estava bem e perguntado por parentes. Porém, a Polícia Civil acredita que trata-se de um perfil falso que foi feito para deixar a impressão de que a adolescente estaria viva.

De Olho no Cariri

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

EXCLUSIVO: Jovem assunçãoense envolvido em acidente de moto não resiste e vem a óbito

O jovem Ginaldo Júnior Silva Alves, 19 anos, não resistiu aos ferimentos após sofrer um acidente de moto na madrugada desta segunda-feira(3), nas proximidades de Tito Churrascaria, em Assunção, afirmou a mãe do jovem. O mesmo ainda foi socorrido para o Hospital de Taperoá mas não resistiu, Júnior como era conhecido, deixa esposa e um filho de apenas 1 ano e três meses de idade. Segundo informações de populares o jovem perdeu o controle da motocicleta vindo a colidir contra uma árvore. Vídeo do local do acidente . Blog do Guedes

Assunção lamenta morte do jovem Alan de 'Têca de Joquinha'

Faleceu na manhã desta segunda-feira(28) o trabalhador assunçãoense, Alan Possidônio da Silva, 37 anos, após sofrer um choque elétrico, o fato ocorreu no sítio Bonfim, zona rural de Salgadinho. Alan de Têca como era conhecido, possui uma propriedade rural naquela localidade. A vítima era filho do Sr. Joquinha (In memoriam), um dos maiores comerciantes da região. Alan era casado e deixa, além da viúva, um casal de filhos. O sepultamento está previsto para às 16h desta terça-feira(01) no Cemitério Jardim da Saudade, em Assunção. O Blog do Guedes presta solidariedade a toda à família, e que ele descanse em paz. Blog do Guedes Imagens: PC