Ex-atleta da seleção brasileira de futebol,revela ter vendido medalha de 70 para comprar cocaína,VEJA;


Campeão da Copa do Mundo de 70 com a seleção brasileira, Paulo Cézar Caju revelou na última sexta-feira (17) ter vendido a medalha que ganhou do torneio, além de uma miniatura do troféu Jules Rimet, para financiar a compra de cocaína.
"Necessitava da droga. Você perde a noção total do que está fazendo. Você não tem equilíbrio", disse em entrevista ao canal Globonews em teaser de programa que ainda não foi ao ar.
O meia-atacante, que era reserva da seleção liderada por Pelé, também revelou que perdeu três apartamentos para pagar suas dívidas pelas drogas.
Ele, no entanto, afirma estar completamente reabilitado e há 15 anos não toma sequer uma gota de álcool ou qualquer substância ilícita. Caju ainda aconselhou às pessoas que "não se atrevam a provar, porque são mortais."
Hoje aos 65 anos, o ídolo de Botafogo e Grêmio se aposentou em 1983 no time tricolor gaúcho. Caju ainda atuou por Flamengo, Fluminense, Vasco, Corinthians, pelos franceses Olympique de Marselha e AS Aix, além do americano California Surf. Pela seleçao brasileira, ele marcou 10 gols em 57 jogos e 10 anos com a camisa amarela.

Erivaldoguedes.com
com
Wscom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá