Política: suplente amarga ‘banco de reservas’ e aguarda chance de ser deputado há cinco anos


O presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, há cinco anos vive uma verdadeira via crucis para assumir um mandato de deputado federal. Desde a legislatura passada, o socialista mantém contatos com os deputados federais Efraim Filho (DEM) e Damião Feliciano (PDT), mas as conversam não avançam.
Edvaldo Rosas foi candidato a deputado federal pelo PSB, obtendo cerca de 33.941 mil votos em 2010 e 50.171 mil votos em 2014.
Especulou-se na imprensa desde o mês de janeiro que o escolhido a tirar a licença seria o deputado Damião Feliciano. Porém, o esposo da vice-governadora Lígia Feliciano teria exigido a Secretaria de Saúde do Estado para selar o acordo.
As negociações em favor do socialista devem ser retomadas no segundo semestre.
Segundo interlocutores do governo, o caminho da operação é a disponibilização de uma secretaria importante para a indicação de um nome da confiança de Damião Feliciano.
As negociações devem ser retomadas no segundo semestre. Enquanto isso, Rosas segue amargando o banco de reservas do esquema político liderado pelo governador Ricardo Coutinho.
Erivaldoguedes.com
com
Blog do gordinho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá