Jogador da equipe do Flamengo, é indiciado por duplo crime


O volante Luiz Antonio, do Flamengo, foi indiciado pelo Ministério Público por estelionato e associação criminosa. Nesta sexta-feira, a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (DRACO) encerrou investigações que apuravam o envolvimento do volante e de seu pai, Luiz Carlos Soares, com uma quadrilha de milicianos denominada Liga da Justiça.
Em agosto de 2014, o jogador foi citado em depoimento de um ex-integrante da milícia, preso na ocasião. Na ocasião, Luiz Antonio teria dado um carro de luxo a um dos chefes da milícia. Em seguida, o roubo do veículo foi registrado em uma delegacia. Em depoimento dias depois, Luiz Antonio garantiu que fora mesmo roubado.
Porém, as investigações policiais comprovaram que o carro não foi roubado, o que acabou caracterizando o chamado "tombo do seguro". Ainda segundo a polícia, Luiz Antonio e seu pai entregaram o veículo ao grupo de milícia. O policial civil Alexandre da Rocha Antunes, responsável por registrar o roubo, também foi indiciado.
Ainda nesta sexta-feira, os agentes da DRACO realizaram buscas em endereços onde de residência de Luiz Antonio, seu pai e onde o atleta já havia morado. Em um dos locais, na Zona Oeste do Rio, foram encontradas drogas como ectasy, maconha e cocaína. Quatro pessoas foram presas no local, mas a polícia constatou que nenhuma delas tinha ligação com o Luiz Antonio.

Erivaldoguedes.com
com wscom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá