Esperança cubana no UFC, Lombard é flagrado em exame antidoping


Mais um caso de doping assombra o MMA. Ex-campeão do Bellator, Hector Lombard testou positivo para o esteroide anabolizante desoximetiltestosterona, conhecido com DMT, em exame realizado após sua vitória por pontos diante de Josh Burkman no UFC 182, em 3 de janeiro. A informação foi revelada pelo site "MMA Fighting".
Ainda de acordo com a publicação, este também foi o motivo para o Ultimate retirar o cubano do card do UFC 186, que acontecerá em 25 de abril, em Montreal (Canadá). Lombard iria enfrentar Rory MacDonald em luta que poderia definir o próximo desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg).
Com a exclusão deste duelo, Demetrious Johnson foi anunciado para defender seu título dos moscas (57 kg) diante do japonês Kyoji Horiguchi. Além dessa disputa de cinturão, TJ Dillashaw concederá a revanche para Renan Barão na luta principal da noite.
De acordo com a Agência Mundial Antidoping (Wada), o DMT é uma droga capaz de aumentar a massa muscular, a força e camuflar a presença dele e de outros esteroides dentro do corpo.
Msn

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá