Utilização do canabidiol é aprovada pelo Conselho Federal de Medicina

O Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou a utilização compassiva do canabidiol para o tratamento de epilepsias em crianças e adolescentes que são imunes aos tratamentos convencionais. Segundo o CFM, as regras para utilização deste medicamento vão seguir determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com o CFM a avaliação de vários documentos confirmou que ainda não há evidências científicas que comprovem que os canabinóides são totalmente seguros e eficazes no tratamento de casos de epilepsia. Com isso, medicamento só pode ser usado caso o tratamento com as substâncias convencionais não resultem resultados satisfatórios.

A decisão do CFM deverá ser revista em dois anos, quando serão avaliados novos elementos científicos. “ No caso do canabidiol, até o momento, os estudos realizados em humanos têm poucos participantes e não são suficientes para comprovar sua segurança e efetividade. Diante desse quadro, é importante desenvolver urgentemente pesquisas que possam vir a fornecer evidências robustas, de acordo com as normas internacionais de segurança, efetividade e aplicabilidade clínica do CBD”, ressaltou o presidente do CFM, Carlos Vital Tavares Corrêa Lima.

Para utilização do canabidiol, os pacientes vão preencher critérios de indicação e contraindicação para que as doses do medicamento sejam utilizadas de maneira adequada. Os critérios vão levar em conta a resistência das crianças ou adolescente aos tratamentos convencionais.


portal correio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá

Insegurança: Mulher é atingida por tiro no rosto em tentativa de homicídio em Assunção