Jogador de 33 anos morre após ser atingido por tijolo na Argentina



O jogador Franco Nieto, de 33 anos, morreu nesta quarta-feira após passar três dias internado. Segundo jornais argentinos, Nieto foi atingido por uma tijolada na cabeça em uma confusão após a partida entre Tiro Federal, da qual o atleta era capitão, e Chacarita - clubes da 2ª e 3ª divisão argentina, respectivamente - válida pela Liga de Aimogasta, espécie de campeonato regional do futebol argentino.
“Várias pessoas vinham insultando-o. O agrediram com socos, bateram nele. Ele tentou se defender, mas recebeu um golpe muito forte na cabeça. Ele foi operado na terça-feira. Hoje (quarta-feira), faleceu”, afirmou o primo de Nieto à emissora TN.
De acordo com relatos, a partida teve oito jogadores expulsos – entre eles, Nieto – após vários problemas de disciplina e terminou 10 minutos antes do fim do tempo  regulamentar. Os jogadores teriam sido acuados pela torcida e, ao sair do vestiário, Nieto foi cercado por alguns torcedores e também membros da equipe adversária.
“Entre os agressores havia um jogador da equipe rival e um assistente do técnico, além de um 'Barra Brava' (torcedor de organizada)", afirmou Fabián Bordón, delegado de polícia da região. Três pessoas foram presas.

WSCOM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá

Insegurança: Mulher é atingida por tiro no rosto em tentativa de homicídio em Assunção