DE VIRADA, CORITIBA VENCE BAHIA, E TRICOLOR CAI NA DESPEDIDA DE ALEX Coxa usa segundo tempo para virar no Couto e confirma queda do Tricolor. Capitão alviverde faz último jogo da carreira em dia de várias homenagens


O futebol está órfão. O Brasileirão da próxima temporada não terá a classe única de Alex e a tradição do Bahia. O futebol está triste. O Brasileirão da próxima temporada não terá a os belos gols de Alex e a alegria da torcida do Bahia. O futebol, ao menos, está grato. As homenagens com gritos de “fica, Alex!”, cartazes e inúmeras manifestações foram apena pequenos sinais daquele sentimento que estava escrito atrás de cada camisa dos jogadores do Coritiba: “Obrigado, Alex”. Em sua despedida, o camisa 10 viu o Coxa virar para cima do Bahia e vencer por 3 a 2, no Couto Pereiro, em dia de bom público. No entanto, o Tricolor baiano também deu adeus
 Mas à Série A.
O capitão coxa-branca tentou. Foi quem mais finalizou, acertou mais passes e fez mais cruzamentos em toda a partida. Mas não conseguiu balançar as redes em seu jogo de número 1011º e último jogo da carreira. O Bahia começou arrasador. Fez 2 a 0 com Henrique e Rômulo nos primeiros 25 minutos. Zé Love diminuiu ainda na primeira etapa. Dudu empatou na segunda etapa e Keirrison virou no último lance do jogo.
Alex deixou o campo aos 42 minutos da segunda etapa, substituído por Keirrison. As lágrimas caíram dos olhos que presenciaram genialidades de um dos maiores meias do futebol brasileiro recentemente. Os aplausos, em uníssono no Couto Pereira, poderiam ser executados eternamente. O time paranaense manteve o domínio recente nos confrontos contra o rival baiano. Não perde desde 1999, quando o Bahia venceu nas oitavas de final da Copa do Brasil.

globo esporte



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá

Insegurança: Mulher é atingida por tiro no rosto em tentativa de homicídio em Assunção