Pular para o conteúdo principal

USOU PRETEXTO DO CORONAVÍRUS Estado decreta calamidade e logo contrata empresa de publicidade por R$ 3 milhões sem licitação


Não se trata de afirmar que haverá desvio de recursos públicos, mas soou muito estranho, que o governo do Estado tenha, após decretar estado de calamidade, contratado uma empresa de publicidade, com dispensa de licitação, ao custo de R$ 3 milhões. Segundo publicação em Diário Oficial (24 de março de 2020), o dinheiro será usado para divulgar ações preventivas de combate ao coronavírus.
Não. Não é na Paraíba. Ainda não. É no Rio Grande do Norte, onde a governador Fátima Bezerra (PT) mandou ver na contratação da empresa Dois A Publicidade Ltda. Ainda que eventualmente não seja, é praticamente impossível não se desconfiar de uma operação dessa natureza, ou seja, gastar R$ 3 milhões com publicidade, quando o dinheiro poderia ser, quem sabe, melhor aplicado em outras ações.
O que está acontecendo no Rio Grande do Norte pode ser um sinal de alerta aos órgãos de fiscalização da Paraíba, especialmente Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (apesar de meio desacreditado), para estarem atentos. Afinal, o governador João Azevedo também decreto estado de calamidade. E, nestas circunstâncias, há liberação para compras se licitação tipo o céu é o limite.


Blog do Helder Moura

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

EXCLUSIVO: Jovem assunçãoense envolvido em acidente de moto não resiste e vem a óbito

O jovem Ginaldo Júnior Silva Alves, 19 anos, não resistiu aos ferimentos após sofrer um acidente de moto na madrugada desta segunda-feira(3), nas proximidades de Tito Churrascaria, em Assunção, afirmou a mãe do jovem. O mesmo ainda foi socorrido para o Hospital de Taperoá mas não resistiu, Júnior como era conhecido, deixa esposa e um filho de apenas 1 ano e três meses de idade. Segundo informações de populares o jovem perdeu o controle da motocicleta vindo a colidir contra uma árvore. Vídeo do local do acidente . Blog do Guedes

Assunção lamenta morte do jovem Alan de 'Têca de Joquinha'

Faleceu na manhã desta segunda-feira(28) o trabalhador assunçãoense, Alan Possidônio da Silva, 37 anos, após sofrer um choque elétrico, o fato ocorreu no sítio Bonfim, zona rural de Salgadinho. Alan de Têca como era conhecido, possui uma propriedade rural naquela localidade. A vítima era filho do Sr. Joquinha (In memoriam), um dos maiores comerciantes da região. Alan era casado e deixa, além da viúva, um casal de filhos. O sepultamento está previsto para às 16h desta terça-feira(01) no Cemitério Jardim da Saudade, em Assunção. O Blog do Guedes presta solidariedade a toda à família, e que ele descanse em paz. Blog do Guedes Imagens: PC