Pular para o conteúdo principal

Bolsonaro "senta o cacete" em professora agredida por aluno através das redes sociais


O parlamentar acusa Marcia Friggi de apoiar a “ovada” que recebeu durante um evento em Ribeirão Preto (SP).

O deputado Jair Bolsonaro usou as redes sociais para criticar a postura da professora Marcia Friggi, que foi agredida por um aluno de 15 anos e publicou uma desabafo no Facebook. O parlamentar afirmou que ela “não representa” os docentes do país.

Na publicação, o deputado relembra da ovada que levou, no último dia 17. Com uma montagem, Bolsonaro mostra que Marcia apoiou, com mensagens de encorajamento, a estudante acusada de jogar os ovos que o atingiram. Ao lado, uma foto da professora com o rosto sangrando após ser vítima de agressão por ter expulsado um aluno da sala de aula.

“‘Ovada’ em Jair Bolsonaro pode, diz professora agredida por aluno. Essa senhora não representa os docentes do Brasil”, escreveu o deputado. A publicação rendeu diversos comentários, entre os mais curtidos estão: “Quando vi a notícia da primeira vez cheguei a ficar com dó dela, mas depois de ver o face dela e descobrir que é uma HIPÓCRITA, meu sentimento inverteu” e “Não concordo com esse aluno em agredir um professor. Deveria ir preso esse vagabundo. Mas essa mulher aí não merece respeito não”.



Metrópoles

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

Assunção lamenta morte do jovem Alan de 'Têca de Joquinha'

Faleceu na manhã desta segunda-feira(28) o trabalhador assunçãoense, Alan Possidônio da Silva, 37 anos, após sofrer um choque elétrico, o fato ocorreu no sítio Bonfim, zona rural de Salgadinho. Alan de Têca como era conhecido, possui uma propriedade rural naquela localidade. A vítima era filho do Sr. Joquinha (In memoriam), um dos maiores comerciantes da região. Alan era casado e deixa, além da viúva, um casal de filhos. O sepultamento está previsto para às 16h desta terça-feira(01) no Cemitério Jardim da Saudade, em Assunção. O Blog do Guedes presta solidariedade a toda à família, e que ele descanse em paz. Blog do Guedes Imagens: PC

ATENÇÃO PB: Polícia Federal faz operação para combater fraudes na pandemia no interior do estado

Agentes da Polícia Federal cumprem hoje (2) cinco mandados de busca e apreensão numa ação denominada ‘Operação Princesa do Sertão’, que tem o objetivo de investigar possíveis irregularidades na compra de materiais para o enfrentamento à pandemia. O alvo são compras feitas pela prefeitura da cidade de Princesa Isabel, no Sertão do Estado. O município adquiriu 5 mil testes rápidos e 40 mil máscaras descartáveis, segundo a PF. Há suspeitas de sobrepreço nas compras dos produtos. Blog do Guedes Com PB Hoje