Prepare o Bolso! Consumidor pagará mais caro pelo botijão de gás a partir da próxima semana na PB, diz presidente do Sinregás

Setembro começou com mais um anúncio de reajuste no preço do gás de cozinha.

O aumento já é esperado e as distribuidoras já programam para o próximo dia 5, o aumento percentual devido o dissídio coletivo anual dos trabalhadores do setor.

O presidente do Sindicato de Revendedores de Gás GLP (Sinregás – PB), Marcos Antônio Bezerra, em entrevista nesta quarta-feira (1) disse que a estimativa é de 7% a 8% de repasse no preço do produto.

“Esse aumento acontece todo o ano no começo de setembro, devido o dissídio coletivo da categoria que trabalha nas distribuidoras de gás.

Esse aumento que é aplicado pelas distribuidoras acontece regularmente no mês de setembro porque corresponde ao repasse dos custos referentes ao dissídio coletivo da categoria, acrescido dos insumos e impostos federais.

Como já é de praxe, esse ano, o aumento se dará no dia 5”, explicou.

Como apurou a reportagem, esse é o terceiro aumento que a Petrobras aplica sobre o botijão de 13 kg em 2022.

Com o reajuste, o preço do gás de cozinha à vista deve ficar em torno de R$ 115 e R$ 125, a partir do próximo dia 5.

Na compra a prazo, o botijão pode chegar a custar R$ 130.

“Ainda não temos a confirmação de quanto será o aumento, mas há a previsão de que seja algo em torno de 7% a 8%”, revelou o sindicalista.

Blog do Guedes

Com Click PB

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Assunção e Taperoá enlutadas! Acidente automobilístico deixa duas vítimas fatais na BR-230 próximo a Juazeirinho; fotos

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá