Pular para o conteúdo principal

Natural de Taperoá, atleta Jucilene Lima desabafa após eliminação nos Jogos Olímpicos: “Oito meses sem receber um real”


O fato de não ter conseguido chegar à final do lançamento de dardo na Olimpíada de Tóquio parece ter sido só um detalhe para Jucilene Lima, de 30 anos.

Ela foi mais uma a dar voz à falta de investimentos para muitos dos competidores brasileiros que estão representando o país na capital japonesa.

Em uma de suas redes sociais, Jucilene aproveitou a oportunidade para desabafar sobre a falta de recursos financeiros durante a sua preparação, revelou que sua família foi fundamental no processo para a sua participação nos Jogos Olímpicos e confirmou que está já há oito meses sem receber o mínimo que seja.

— Não foi fácil. Estou oito meses sem receber R$ 1. Tive que me virar como podia. Minha família que me ajudou financeiramente.

Não estou me lamentando, mas a verdade tem que ser dita. Ninguém sabe o que acontece nos bastidores. Vocês não sabem nem 1%.

Chegar aqui não foi fácil. Mas consegui realizar meu sonho, estar na Olimpíada e ser a 15ª do mundo.

Agora é trabalhar para ano que vem ser tão especial como este e, se Deus quiser, com mais investimento — declarou.

Jucilene, que é de Taperoá, Cariri da Paraíba, participou da primeira bateria e ficou na sexta colocação, atingindo a marca de 60.14m.

No entanto, após a disputa do segundo grupo, ela caiu para a 15ª posição. Apenas as 12 melhores ranqueadas na disputa avançaram à final da modalidade.

A atleta, inclusive, é a segunda mulher da família Sales de Lima a participar de Olimpíadas.

Antes dela, a sua irmã, a velocista Jailma Sales, já havia participado das últimas três edições dos Jogos Olímpicos, em Pequim (2008), Londres (2012) e Rio (2016).


Blog do Guedes

Com GE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

EXCLUSIVO: Jovem assunçãoense envolvido em acidente de moto não resiste e vem a óbito

O jovem Ginaldo Júnior Silva Alves, 19 anos, não resistiu aos ferimentos após sofrer um acidente de moto na madrugada desta segunda-feira(3), nas proximidades de Tito Churrascaria, em Assunção, afirmou a mãe do jovem. O mesmo ainda foi socorrido para o Hospital de Taperoá mas não resistiu, Júnior como era conhecido, deixa esposa e um filho de apenas 1 ano e três meses de idade. Segundo informações de populares o jovem perdeu o controle da motocicleta vindo a colidir contra uma árvore. Vídeo do local do acidente . Blog do Guedes

EXCLUSIVO: Corpo de homem é encontrado boiando no Açude do Distrito da Barra de Juazeirinho

O corpo do jovem Edivânio dos Santos, 32 anos, foi encontrado boiando nas águas do Açude da Barra, na manhã desta terça-feira (23). De acordo com informações de populares, Edivânio é pescador e morador do sítio Escurinha, zona rural de Juazeirinho. Van, como era popularmente conhecido teria saído ontem(22) por volta das 10h para pescar e não retornou mais para sua residência. Os familiares sentiram sua falta, foram ao açude saber o que havia ocorrido, chegando ao local encontraram sua moto e alguns pertences as margens do reservatório. Os Bombeiros foram acionados, iniciaram as buscas, mas devido a escuridão os profissionais suspenderem á ação e retornaram pela manhã desta terça-feira, quando o corpo finalmente foi encontrado. O jovem era casado e deixa um filho de nove anos. Blog do Guedes