Pular para o conteúdo principal

ATENÇÃO: Veja o que diz estudioso sobre crise hídrica no semiárido da Paraíba

De acordo com o físico e meteorologista Rodrigo Cézar Limeira, até pelo menos o dia 31 de janeiro, a situação dos grandes reservatórios que abastecem as cidades do semiárido da Paraíba, deve se manter crítica. De acordo com o pesquisador, as condições do Oceano Atlântico Sul na altura da costa do nordeste, estão ruins agora em dezembro, e devem permanecer dessa forma, até pelo menos o final do mês de janeiro. 
O citado oceano está com temperatura abaixo do normal para a época, além disso, com a La Niña fraca, as perspectivas não são das melhores para o semiárido do estado, já que é necessário muita chuva na região em 2018, principalmente para armazenar muita água nos grandes reservatórios que abascetem as cidades do cariri, sertão e alto-sertão.
 
Vórtices Ciclônicos estão atuando no semiárido, mas não estão favorecendo a ocorrência de chuvas. 
 
Com a La Niña fraca, entra pouca umidade oriunda das frentes que atuam essa época no sul da Bahia, no interior da Paraíba. Com isso a chuva fica sendo apenas isolada, afirma o estudioso, se a La Niña fosse moderada ou forte, a advecção de umidade seria maior no interior do estado, com isso poderiamos ter chuvas volumosas já agora em dezembro, algo que não deve acontecer em muitas localidades, e ficamos mais uma vez observando as chuvas cairem em poucas localidades no cariri, sertão e alto-sertão pontua.
 
O papel dos VCANS (Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis), seria de transportar parte dessa umidade, do sul da Bahia para o interior da Paraíba, no entanto, os VCANS que estão ocorrendo nesse final de ano sobre o nordeste, também não estão colaborando, pois em média estão se posicionando de forma a transportar pouca umidade para o interior do estado. 
 
Ou seja, pontua o físico e meteorologista Rodrigo Cézar Limeira: com uma La Niña fraca neste final de 2017, e VCANS em posições desfavoráveis para transporte de umidade para o interior do estado, o saldo é de pouca chuva, muito calor, muita evaporação e continuidade da crise hídrica no semiárido da Paraíba em dezembro.
 
Em janeiro o estudioso prevê chuvas no interior da Paraíba, mas ainda num padrão muito irregular, e de forma mal distribuída. Em alguns locais poderá chover até acima da média, mas com a grande irregularidade das chuvas no citado mês, a crise hídrica que atinge quase todos os grandes açudes do interior paraibano vai continuar.




Com Vitrine no Cariri


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

VÍDEO: Jovem natural de Junco do Seridó e esposa morrem afogados em praia do Rio de Janeiro

Na tarde desta terça-feira(1), o jovem Damião Silva de Medeiros, 36 anos, natural do Distrito de Bom Jesus, município de Junco Do Seridó, juntamente com sua esposa a jovem Paola Silva, 25 anos, morreram de forma trágica. O casal caiu no mar após tentar salvar os cães que haviam caídos na água. Damião Medeiros, é filho de Dona Marluce e do senhor Janduí (Janda), moradores do Distrito de Bom Jesus, município de Junco, o jovem morava no Rio de Janeiro havia um bom tempo. Blog do Guedes Com G1

EXCLUSIVO: Jovem assunçãoense envolvido em acidente de moto não resiste e vem a óbito

O jovem Ginaldo Júnior Silva Alves, 19 anos, não resistiu aos ferimentos após sofrer um acidente de moto na madrugada desta segunda-feira(3), nas proximidades de Tito Churrascaria, em Assunção, afirmou a mãe do jovem. O mesmo ainda foi socorrido para o Hospital de Taperoá mas não resistiu, Júnior como era conhecido, deixa esposa e um filho de apenas 1 ano e três meses de idade. Segundo informações de populares o jovem perdeu o controle da motocicleta vindo a colidir contra uma árvore. Vídeo do local do acidente . Blog do Guedes

EXCLUSIVO: Corpo de homem é encontrado boiando no Açude do Distrito da Barra de Juazeirinho

O corpo do jovem Edivânio dos Santos, 32 anos, foi encontrado boiando nas águas do Açude da Barra, na manhã desta terça-feira (23). De acordo com informações de populares, Edivânio é pescador e morador do sítio Escurinha, zona rural de Juazeirinho. Van, como era popularmente conhecido teria saído ontem(22) por volta das 10h para pescar e não retornou mais para sua residência. Os familiares sentiram sua falta, foram ao açude saber o que havia ocorrido, chegando ao local encontraram sua moto e alguns pertences as margens do reservatório. Os Bombeiros foram acionados, iniciaram as buscas, mas devido a escuridão os profissionais suspenderem á ação e retornaram pela manhã desta terça-feira, quando o corpo finalmente foi encontrado. O jovem era casado e deixa um filho de nove anos. Blog do Guedes