Comitê gestor do algodão colorido discute tecnologias para competir com China e Índia

O Comitê Gestor do Arranjo Produtivo Local (APL) - de Confecções e Artefatos de Algodão Colorido da Paraíba se reunirá nesta quarta-feira (10), no SENAI do Distrito Industrial de João Pessoa para discutir - com representantes da cadeia produtiva e autoridades - a tecnologia que está inserida na  competitividade com a China, EUA, Espanha, dentre outros e, principalmente, o apoio na esfera federal e estadual.
Para o agrônomo Gilvan Ramos, especialista em agrobusiness da área de economia da Embrapa e coordenador do Comitê no Estado, “consideramos o conteúdo muito significativo nesta reunião anual para a cadeia produtiva do APL do algodão colorido, a partir das abordagens de Maria Cristina Milani do Grupo de Trabalho Permanente para Arranjos Produtivos Locais  (GTP-APL) do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) com “Perspectivas das Políticas Públicas de Apoio a APL's na Gestão Federal 2015-2018” e com Marcos Procópio, secretário-executivo da Indústria e do Comércio da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento – SETDE com “Perspectivas da Política Pública de Apoio a APL's na Gestão Estadual 2015-2018”.
Após cada explanação será aberto o debate com os participantes, que estão com a expectativa para a manutenção da geração de emprego e renda de toda a cadeia produtiva na Paraíba, conclui o Coordenador Gilvan Ramos.
Na sequência da reunião os empreendedores da Natural Cotton Collor, Redes Santa Luzia, Sandoval Farias da Mata e Natural Fashion – Coopnatural farão suas apresentações.
E no período da tarde com Sylvio Napoli – gerente de tecnologia e inovação da ABIT -(Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) será abordado e discutido o tema “O que se pode esperar do mercado atual e futuro de confecção e artefato de algodão colorido?”.E finalizando a programação o Instituto Senai de Tecnologia Têxtil e de Confecções através do gerente Luiz Sávio Pinheiro,   apresentará as soluções tecnológicas e inovadoras para atender as demandas dos setores produtivos e, também, as obras do IST, in loco, na expansão da Unidade SENAI no Distrito Industrial de João Pessoa.

portal correio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homem é executado com vários tiros em Assunção

Jovem assunçãoense morre vítima de acidente de moto na PB-238 entre Assunção e Taperoá

Insegurança: Mulher é atingida por tiro no rosto em tentativa de homicídio em Assunção